quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DESENHAR DEPENDE DE DOM?

Fonte: www.materiaincognita.com.br

Quem gosta de desenhos sempre se perguntou se qualquer um pode desenhar, e se isso depende de dom.  Este é um dos empecilhos mais utilizados por quem deseja aprender a desenhar. Então este post mostra que não tem como fugir, todos podem desenhar, pintar, esculpir, criar e fazer qualquer coisa que quiserem e estiverem dispostos a aprender.



A herança

O que muitos não sabem é que os desenhos/arte já estão em "nosso sangue", isso mesmo, dentro de nosso DNA, intrínseco a todos nós e existindo em nós, independente de nossa consciencia que ela exista, e que assim como outras habilidades pode ser desenvolvida por qualquer um.
Preste atenção... dentro de todos nós existe uma espécie de herança artística, que nos proporcionou realizar obras incríveis pelo mundo a fora, que fez inventarem a roda, que fez questionar qual era o centro do universo, que fez da Vinci pintar a Mona Lisa, e que se não fosse esta herança o ser humano não teria realizado 1/3 do que realizou no decorrer da história, e consequentemente as evoluções tecnológicas, e até o próprio desenvolvimento do mundo como o conhecemos estaria comprometido. Tudo isso não teria sido alcançado se não tivessemos esta herança.
É claro que nós dependemos de outras habilidades também, mas o que eu quero mostrar com isso é que todos podem desenvolver seu lado artístico, sem distinção, todos mesmo, um exemplo que prova isso é Leonardo da Vinci, que não era somente pintor, mas se permitiu explorar áreas da anatomia, engenharia, música, matemática, arquitetura, pintura, escultura e ainda se mostrou um excelente inventor. Algumas das obras de Leonardo da Vinci se encontra abaixo.
Quem nunca viu um desenho feito pelos nossos ancestrais? exemplo na imagem acima. Existem muitos desenhos em cavernas ao redor do mundo, em cavernas na China, em cavernas na Grécia, em cavernas na Rússia, nos Estados Unidos, em ilhas isoladas no meio do oceano e até em cavernas do Brasil.
Esses desenhos são de ancestrais separados por continentes, que nunca tiveram contato entre si, ancestrais separados por distâncias enormes, com climas diferentes, biomas diferentes, ecossistema totalmente diferente, e que nunca se viram. Porém sempre existiu algo que os conectavam, algo que fez eles terem a mesma ideia, mesmo tão longe um do outro. Sabe o que? A herança artística, isso mesmo, herança artística, a mesma herança que ainda esta presente em todos nós, e que permite aprender e desenvolver a arte mesmo se você "não tiver dom", mesmo se alguém te disser que você não é capaz.



Escultura, By: Leonardo da Vinci
A máquina de guerra, By: Leonardo da Vinci
Homem Vitruviano, By: Leonardo da Vinci





Mona Lisa, By: Leonardo da Vinci

 Escolas da arte

Em toda Europa desde o século XVI, com inicio na Itália, as academias de estudos das artes vem impactando na sociedade como um todo, seja no continente Europeu, como Asiático e posteriormente, com o colonialismo, no continente americano e Africano.
A primeira academia de arte, surgiu na Itália, na Renascença Italiana, em 1562, e foi intitulada de academia de desenho de Florença, que marcou o inicio da ciência da arte e que formaria diversos artistas no decorrer dos séculos. Seu personagem principal, que fundou foi Giorgio Vasari, um arquiteto com bastante prestígio na época.
Seguindo esta, foi fundada em 1577 em Roma, a Academia de San Luca e diversas outras como Academia dos Progressistas - 1580, Academia de Milão - 1620, e etc.
As academias proporcionaram uma verdadeira mudança no pensamento da sociedade para com os artistas, que antes eram considerados artesãos, e passaram a ter status de intelectuais, e passaram a ser respeitados em toda esfera social.
No Brasil a primeira academia de artes foi a Academia imperial de belas artes, que se iniciou com a vinda da missão artística Francesa em 1816. Ficou localizada na cidade do Rio de Janeiro e hoje em dia se chama Escola nacional de belas artes.


A arte é tão inspiradora que existem teorias em várias áreas de estudos, como por exemplo a psicologia, onde o próprio Freud, disse isto uma vez:

“Não sou um conhecedor de arte, mas simplesmente um leigo (…). Sou incapaz de apreciar corretamente muitos dos métodos utilizados e dos efeitos obtidos em arte (…). Não obstante, as obras de arte exercem sobre mim um poderoso efeito, especialmente a literatura e a escultura e, com menos frequência, a pintura. Isto já me levou a passar longo tempo contemplando-as, tentando apreendê-las à minha maneira, isto é, explicar a mim mesmo a que se deve seu efeito. Onde não consigo fazer isso, como, por exemplo, com a música, sou quase incapaz de obter qualquer prazer.”

Estas palavras foi no inicio de sua análise da Psicanálise e arte moderna, Tragédia e pintura, A obra no lugar do analista e etc, caso lhes interesse vocês poderão pesquisar para saber mais detalhes desta obra.


Hoje em dia


Muitos artistas atuais fazem sucesso, porém as dificuldades para algumas vertentes ainda são grandes e depende de muito esforço para serem reconhecido, enquanto outras são supervalorizadas.
Como dito anteriormente, para se desenvolver artisticamente não é preciso ter algum tipo de dom, e sim ter persistência, creio que a esta altura isto já se encontra claro em sua concepção, porém não posso terminar este post sem falar sobre as novas vertentes, vertentes da atualidade, surgidas a pouco tempo com as novas tecnologias e o avanço da ciência. Vertentes que fariam Da Vinci se espantar rsrsrsrs.
Não me estenderei muito neste tópico e ficarei restrito ao pós-Computador.
Exemplo de arte surgida atualmente são as feitas por computador, por programas que simulam o pincel, simulam o lápis, e tudo podendo ser recuperado caso erre, um privilégio não disponível para nossos primórdios, o celular transformou-se em um computador de bolso e diversos aplicativos permitem realizar edições de fotos, colagens, mixagem de musicas e etc. Existem programas que modifica fotografias de forma profissional (exemplo Photoshop), lembrando que até meados do século XIX não existiam fotos, e todos esses recursos foram "aproveitados" para o surgimento de novas expressões de arte. Abaixo estão algumas colagens.
By: Dave Mckean, Fonte: imagenaria.wordpress.com

Conclusão
Como parte de um processo natural, estamos vivendo em uma era em que tudo se encontra mais acessível, com o invento do computador e posteriormente a internet, as pesquisas se tornaram mais fáceis de serem realizadas, até para quem tem preguiça rsrsr, pois basta um clique que já podemos visualizar as obras de Michelangelo por exemplo. Isso fez com que as ideias não ficassem mais isolados em um pais qualquer, e sim ser compartilhado com quem esta no outro lado do mundo, trazendo novas formas de ver e sentir tudo ao nosso redor. A arte se encaixa nesta conectividade no ponto em que podemos mostrar o que somos capazes de realizar para todos, como uma vitrine, sendo que esta vitrine nos mostra ao mundo e não somente para as pessoas de nosso bairro.
Todos possuem habilidade artística, porém somente os que treinam conseguem desenvolve-la, a pessoa que tem o dom apenas treinou mais do que a pessoa que diz não ter dom, basta repetir todos os dias, ou quando puder, que após um tempo perceberá uma evolução em suas técnicas.
Hoje em dia, como resultado do próprio avanço e compartilhamento da informação, existem diversos cursos que podem acelerar este processo de aprendizagem, cursos que lhe passará técnicas que você poderia levar meses ou até anos para descobrir sozinho, por isso nunca desista de treinar e buscar conhecimento, e lembre, mesmo que muitos virem as costas, sempre terá um que lhe dará a mão.
"Tudo é possível para aquele que realmente quer".



Muito obrigado e espero que tenha ajudado de alguma forma. Peço apenas que compartilhe no botão abaixo, para que outros possam ser ajudados também. Até mais


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...